quinta-feira, 28 de maio de 2009

Fábrica Poética

Hoje tentei fabricar poesia!
Sentei-me frete à tela
E pintei os primeiros versos...

Li e vi vazio ali!
Reli e estava alva
E de tão alva...

Eu nada vi!

Um comentário: