domingo, 25 de outubro de 2009

Nunca acredite

Não acredite...

Nunca acredite
Nunca confie
Nunca deixe isso fazer parte de você
Nunca deixe isso entrar em você
Porque não adianta...
Lutar por uma coisa que nunca foi sua
Não se afogue em suas próprias mentiras
Pois a ferida é simplesmente dolorosa
Assim como um sonho que se torna o seu pesadelo
Não adianta gritar por aquilo que um dia você acreditou
Simplesmente não se importe , não acredite....

Raul Raism Souza Freitas (estudante da turma H2)

2 comentários:

  1. Que interessante.

    Acreditar ou não acreditar
    Cada momento é único
    Dor, pesadelos e sonhos
    Nada acontece ao acaso
    Cada momento uma lição
    Uma força
    Não livre da frustação

    Núbia Benta

    ResponderExcluir