quarta-feira, 27 de janeiro de 2010

Fontes de loucos

A Carlos Nejar

Fontes aos loucos

É preciso estar em si
Para de si
Brotar água

Preciso é que fora de si
Nos montes de Zaratustra
Construa a ponte

E d'água incessante
Da ponte em curso
Seja feita a própria vontade

Nenhum comentário:

Postar um comentário