terça-feira, 17 de maio de 2011

demasiadamente inumano

podridão

insipiência


é no esgoto
que habito
no resto
sem antídoto
sem redenção
na MERDA

é meu hábito

...

no hálito
desprezo
sorriso
macabro
que encontro
um quê dinossauro


que
geme, treme e trói

Nenhum comentário:

Postar um comentário