quinta-feira, 19 de maio de 2011

curti-dores

CURTI-DORES



Venham, curti-dores
no caos da incerteza
ainda é possível amar

venham, que é ela
a dor,
o sintoma capaz de nos acalentar


num peito que dói
no estômago ardente
ou na igreja de deus
anuncio o gozo

que o gozo não é de um
não é privilégio de deus
nem mérito do diabo
é gozo e só!


apresento-lhes, enfim
o amor
o gozo do amor
o gozo pela dor


porque
à nossa maneira
nos lambuzaremos no/a (d/m)or

Nenhum comentário:

Postar um comentário