sexta-feira, 24 de junho de 2011

fantasia minha?

minha dor esconde o que não quero enxergar

- quinze anos de profunda puberdade
- vinte quatro de nove endoscopias: duas úlceras, inúmeras gastrites e um sequestro

acusações foram feitas
quiseram me condenar por cegueira,
mas já tinha lido Saramago
e não pestanejei

é tudo fantasia!
quando se vê a terceira margem do rio,
a barba cresce,
a navegação continua,
para reinar o real


é muito além disso
há um quê em tudo,
que não falseia a realidade,
- há um fim trágico!

Nenhum comentário:

Postar um comentário