sábado, 23 de julho de 2011

Feira livre

Eu
que não tenho medo de ousar
contar, cantar, tagarelar

Vou dizer mais uma vez
que do acaso
todo mundo é freguês

Um comentário:

  1. Pulando da ponte ou "saltando" da mesa...
    No ocaso, no acaso: freguês!

    "na velocidade terrível da queda!"

    (Fernanda Padilha)

    ResponderExcluir