terça-feira, 3 de julho de 2012

(pode até ser pedra)

medo não é palavra de caminho 
porque embora torto
a frieza do asfalto rasga sempre um quê de não

Nenhum comentário:

Postar um comentário